Provas de Função Respiratória PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

As técnicas mais utilizadas pelo Cardiopneumologista num Laboratório de Fisiopatologia Respiratória são :
  • Avaliação dos sinais da ventilação, difusão e perfusão traduzidos pela análise de:
  • Volumes, débitos, forças e resistências pulmonares
    • - Métodos Espirográficos
    • - Pletismografia corporal total
    • - Métodos de diluição de gases
    • - Métodos de lavagem de azoto
    • - Oscilometria de impulso
    • - Oclusão intermitente
    • - Estudo da distensibilidade pulmonar
    • - Estudo das pressões musculares respiratórias
    • - Estudos de endurance
    • - Estudo da pressão de oclusão
  • Estudo da difusão pulmonar
    • - Transferência alvéolo-capilar de gases
  • Gasimetria arterial
  • Oximetria transcutânea
  • Métodos de estudo da broncomotricidade
  • Teste de exercício cardiopulmonar
    • - Estudos polissonográficos
    • - Educação e treino em terapêutica ambulatória
  • Ventiloterapia não-invasiva
  • Aerossoloterapia
  • Oxigenoterapia
O Cardiopneumologista assume um papel fundamental no laboratório de provas funcionais respiratórias, pois é ele quem recebe o doente, explica o tipo de exame que irá efectuar e durante a realização das manobras o incentiva para uma boa colaboração resultando numa maior fiabilidade do exame, fazendo uma interpretação sumária do exame e elaborando um relatório técnico.